Fundos de Investimentos – o que são?

fundos de investimento rendi investimentos

Esta é uma modalidade de investimentos que tem atraído cada vez mais interessados. Os fundos de investimentos, trata-se de uma alternativa rentável, uma ótima escolha para diversificar seus investimentos. 

Neste post você entenderá o que são fundos de investimento, como funcionam e quais os tipos.

O que são fundos de Investimentos?

Os fundos são uma modalidade de investimento que reúne recursos financeiros de um conjunto de investidores em uma cesta de ativos. Entre as suas vantagens está a possibilidade de permitir acesso a investimentos com valores menores do que seriam necessários para investir sozinho.

Nos Fundos de Investimentos, você tem acesso a um portfólio com diversos ativos diferentes. Além de contar com um profissional altamente qualificado para fazer a gestão do fundo.

Como funciona os fundos de investimentos? 

Um Fundo de Investimento é formado por uma carteira de ativos financeiros. As Assets (gestoras) oferecem esses fundos através de cotas, ou seja, uma fração do fundo. O valor desta cota é o resultado da divisão do patrimônio líquido do fundo pelo número de cotas existentes para negociação.

As administradoras oferecem esses fundos através de cotas, ou seja, uma fração do fundo.
O valor desta cota é o resultado da divisão do patrimônio líquido do fundo pelo número de cotas existentes.

Imagine um condomínio. Você compra sua cota (apartamento) e paga uma taxa de administração mensal, além de seguir algumas “regrinhas”. 

Resumindo, você não precisa ser um mestre na arte do investimento. Os gestores fazem isso por você. Mas, claro que não podemos ir aplicando nosso dinheiro em qualquer fundo por aí.

Vamos entender melhor os tipos de fundos e como fazer uma escolha correta, de acordo com seu perfil de investidor:

Fundos de Ações

67% do patrimônio investido em ações, o restante pode ser aplicado de acordo com a estratégia do gestor.

A rentabilidade esperada depende da performance dos papéis na bolsa de valores. Podem ser: 

Ativos = objetivo é superar o índice de referência, IBOV por exemplo.

Passivos = Busca replicar a lucratividade do índice de referência. 

 *No mercado, chamamos esse índice de referência de Benchmark.

Indicado para investidores mais agressivos, pois sua rentabilidade pode sofrer altas volatilidades.

Fundos de Renda Fixa

80% em ativos de renda fixa, pré ou pós fixados. O restante pode ser aplicado em derivativos, por exemplo, para aumentar a rentabilidade. 

Geralmente, o Benchmark utilizado é o CDI. Portanto, este tipo de fundo busca entregar uma rentabilidade igual ou superior ao seu indexador.

Com certeza, um produto indicado aos mais conservadores, que buscam diversificação sem abrir mão da segurança da renda fixa.

Fundos Multimercado

Composto por ativos de renda fixa e variável. Possuem um leque maior de investimentos em relação aos outros fundos. 

São muito diversificados, ideal para quem busca maior rentabilidade com riscos moderados. Este é para você, investidor moderado! Mas os conservadores também podem olhar para eles com mais atenção.

Fundos Imobiliários

Imagine se tornando sócio das maiores empresas do país, dos maiores shoppings, das maiores faculdades, entre outros.

Ao comprar uma cota de um fundo imobiliário, você está “emprestando” dinheiro para uma construir, por exemplo, um shopping. 

Você ganha de duas maneiras:

Valorização das cotas – as cotas flutuam como ações, podendo valorizar ou desvalorizar. Seja pelo aumento ou diminuição do patrimônio do fundo, ou pela variação natural do preço de mercado.

Distribuição dos lucros – renda mensal, resultando do aluguel de seus imóveis. 

Não existem dúvidas que também é uma excelente escolha para sua carteira, seja qual for o seu perfil.

Algumas Vantagens

Agora que aprendemos o que é um fundo de investimentos e conhecemos alguns tipos disponíveis no mercado, vamos destacar algumas vantagens: 

  • Diversificação – aumenta a segurança e as chances de maiores ganhos na sua carteira
  • Praticidade – fácil de investir, um gestor qualificado cuida do seu investimento a partir de R$100,00
  • Imposto na fonte – você não precisa se preocupar em recolher tributos, um sistema chamado de “come-cotas” já faz isso automaticamente
  • Liquidez – você consegue resgatar seu dinheiro facilmente quando precisar.

Como escolher um fundo de investimentos?

O primeiro ponto é conhecer muito bem o seu perfil de investidor. Tenha claro quais os seus objetivos e quanto tempo você pretende investir.

Com isso, se atente a alguns dados para filtrar os melhores fundos para você:

  • Classificação do fundo – tipos de fundos, quais atendem ao seu perfil e objetivo
  • Risco do fundo – baixo, moderado, alto
  • Taxa de administração – nem sempre a taxa mais baixa é a mais atrativa!
  • Histórico do fundo – quanto esse fundo já rendeu? Pode compensar pagar uma taxa de administração mais cara se o fundo traz resultados melhores
  • Aplicação inicial – importante para atender a sua capacidade de investimento
  • Prospecto do fundo – resumo das informações mais importantes do fundo

Os fundos de investimentos são uma modalidade extraordinária para você que busca conforto e segurança, dentro de cada perfil de investidor. Continue buscando conhecimento, se informando cada dia mais e melhorando seus investimentos. 


Gostou do post? Então fique por dentro dos próximos conteúdos que iremos postar aqui!

Quer saber mais sobre renda variável, quais empresas investir e qual a melhor forma de fazer seus investimentos render? Conte com o Rendi! Somos uma plataforma focada em investimentos, com a missão de fazer seu dinheiro render!

Acesse nosso site https://rendi.app.br, e tenha acesso as melhores dicas e informações sobre o mercado financeiro para te ajudar a investir da melhor forma!

0 Shares:
1 comment
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like